domingo, 26 de dezembro de 2010

Relato de viagem: Serra de Guaramiranga, CE

Eu, meu marido e um casal de amigos resolvemos sair de Fortaleza no dia de Natal (25/12/2010) para curtir um fim de semana na charmosa serra de Guaramiranga, a 110 km da capital. Nossa proposta de "Férias de um dia" era fazer um roteiro econômico, sem muita badalação, indo num período que, embora seja alta estação, não tem preços elevados na cidade e sem a quantidade de pessoas que geralmente tem nos dias de Carnaval, por exemplo, onde a cidade fica quase que intransitável.

Bem, vamos ao nosso relato:

1º dia

Saímos no sábado (25/12) de Fortaleza por volta das 6h30 da matina, debaixo de muita chuva.


Tempo em Fortaleza no sábado. Muitaaaaa chuva

Fizemos algumas paradas no caminho, para lanchar, abastecer (estávamos em um Palio. Com R$ 60,00 fomos e voltamos, bem como rodamos muitoooooo na cidade), fazer algumas comprinhas para a viagem e também, claro, fazer fotos no caminho, como em Baturité.


Elton em Baturité

Ao chegarmos em Guaramiranga, fomos direto para a casa onde ficaríamos hospedados. Fiquei encantada com a simplicidade do local e o acolhimento do casal Paulo e Toinha, como de toda sua família. Encontrei nessa família e em sua casa lembranças da minha infância na casa dos meus avós, como a comidinha feita no fogo de lenha, louça lavada a moda antiga, água puxada da bomba... Muito bom!!! Ali tive a certeza que o fim de semana ia ser perfeito.


Casa onde ficamos hospedados em Guaramiranga


Eu e Tatiana lavando a louça a moda antiga


Elton almoçando uma deliciosa comida caseira. Ao fundo, Dona Margarida


Elton mexendo nas panelas no fogão a lenha. Uma riqueza isso!!!

Após o almoço saímos para realizar nossos passeios. Afinal, o tempo era ouro nessa viagem! Tínhamos como destino neste dia o Parque das Cachoeiras e o Pico Alto, dois dos principais pontos turísticos em Guaramiranga.

Chegamos ao Parque das Cachoeiras e na entrada pagamos, cada adulto, R$ 5,00 que ao final poderia ser revertido em consumação no restaurante do Parque. Lá ficamos a tarde. A água estava uma delícia e muito, muito, muitoooo gelada. Mas depois do impacto inicial, você curte bastante os banhos. Não sei se devido a chuva que caia, mas não tinha muitas pessoas no banho, tornando-o ainda mais agradável.


Placas na estrada sinalizam bem o caminho do Parque das Cachoeiras






Elton e eu, na cachoeira. Uma delícia esse banho gelado ao lado de quem se ama



Ficamos no Parque até por volta das 17h, já que uma chuva forte insistia em cair. Deixamos então o passeio do Pico Alto para outra oportunidade, já que queríamos ver o pôr do sol e esse não seria possível!

Voltamos então para casa e após um banho e um bom descanso, descemos para o centro de Guaramiranga. Era noite de natal e estava fazendo um friozinho de 18º. Passeamos pela praça, lanchamos no Ponto da Tapioca (onde tomei o melhor chocolate quente da minha vida!), fizemos algumas comprinhas e de lá seguimos para o conhecido Bar do Odilon para apreciar um bom vinho.


Termômetro na pracinha marcando deliciosos 18º






A cidade estava linda, toda decorada para o natal


Willian, Tatiana e eu

Embora nosso roteiro fosse econômico, não podíamos deixar de ir ao Emporium. Tinha essa dica de lá e queria provar dessas delícias, mas me surpreendi ao perguntar para vários moradores onde ficava e ninguém saber. Mas mesmo assim encontramos, já que o centro de Guaramiranga não é tão grande e acha-se fácil tudo.


Chocolate de brigadeiro da Emporium. Hummmmmmmmm

2º dia
Acordamos cedinho e fomos a uma feira na cidade de Pacoti, ali pertinho. A feira é ao ar livre e ficamos muito tempo olhando desde artesanato a roupas de frio. Volta para Guaramiranga já perto de meio dia, com uma fome daquelas... Almoçamos na pracinha mesmo, comidinha caseira, deliciosa e barata. Dali seguimos para o nosso próximo destino, o Parque das Trilhas, mas infelizmente estava fechado (embora no site informasse que funciona aos domingos e feriados). O jeito foi seguirmos viagem e no caminho paramos no Recanto das Cachoeiras. Pagamos, cada adulto, R$ 2,00 para entrar e lá ficamos durante toda a tarde onde, por volta das 16h, retornamos para Fortaleza.











Contando as moedas
Combustível - R$ 60,00
Repelente - R$ 5,00
Parque das Cachoeiras - R$ 5,00 (por pessoa)
Recanto das Cachoeiras - R$ 2,00 (por pessoa)
Almoço na praça de Guaramiranga - R$ 6,00 (por pessoa)

Um comentário: